O emprego da inteligência artificial na marinha do futuro: Aplicações em ISR e aspectos jurídicos

O EMPREGO DA INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL NA MARINHA DO FUTURO: APLICAÇÕES EM ISR E ASPECTOS JURÍDICOS

Autores:

Nathalia Vasconcellos – mestranda do Programa de Pós-Graduação em Estudos Marítimos da Escola de Guerra Naval, Marinha do Brasil, com bolsa da Fundação Ezute.

Luiz Miguel Klen Leite – mestrando do Programa de Pós-Graduação em Estudos Marítimos da Escola de Guerra Naval, Marinha do Brasil, com bolsa da Fundação Ezute.

Kathleen Vieira – mestranda do Programa de Pós-Graduação em Estudos Marítimos da Escola de Guerra Naval, Marinha do Brasil, com bolsa da Fundação Ezute.

Resumo

O presente relatório tem como objetivo analisar às aplicações da Inteligência Artificial para sistemas de Inteligência, Vigilância e Reconhecimento, especialmente no que diz respeito à navegação de veículos com diversos graus de autonomia, à detecção e monitoramento e à análise de dados coletados, bem como discutir os aspectos jurídicos das aplicações da referida tecnologia nas áreas indicadas. Além disso, o caso norte-americano será utilizado como paradigma, haja vista que oferece contribuições relevantes ao modelo brasileiro. Assim, buscar-se-á contribuir para o entendimento do potencial da Inteligência Artificial para o setor de Defesa e, mais especificamente, para a Marinha do Brasil. A pesquisa realizada é primordialmente qualitativa e exploratória, e o trabalho está dividido em três principais partes. Na primeira, serão abordados seu desenvolvimento, definição, técnicas e aplicações da tecnologia referida para os sistemas mencionados. Na segunda parte, explorar-se-á os aspectos jurídicos relacionados às aplicações supracitadas. Finalmente, o caso norte-americano será explorado na terceira parte.

Palavras chaves: Inteligência Artificial; Inteligência, Vigilância e Reconhecimento; Marinha do Brasil

Leia o artigo completo