Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo


Sistema Porta Social – Cadastro Unificado

Para identificar com precisão e aprimorar os serviços públicos destinados às parcelas da população paulista em estado de vulnerabilidade social, a Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo instituiu o Sistema Porta Social – Cadastro Unificado. A Fundação Ezute executou o projeto que unificou os cadastros de Famílias e Pessoas com a utilização dos dados do Cadastro Unificado da Caixa Econômica Federal, que assim passou a melhor auxiliar na elaboração de políticas e soluções em gestão destinadas a estas áreas.  Cada programa social, antes operado de forma isolada, passou a ser integrado na Secretaria.


Aprimoramento do Sistema de Gestão dos Programas Sociais

O aprimoramento do Sistema de Gestão dos Programas Sociais desenvolvido pela Fundação Ezute para a Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo (SEDS), é uma ferramenta que possibilita a melhoria e maior integração da gestão de diferentes programas sociais, de modo a garantir acesso a serviços e benefícios aos cidadãos em situação de vulnerabilidade no Estado de São Paulo. Esses programas alcançam cerca de 350.000 famílias, aproximadamente 1.100.000 pessoas que vivem em situação de extrema vulnerabilidade social. Os benefícios são organizados em programas específicos, a exemplo do Bom Prato; Viva Leite; São Paulo Amigo do Idoso; Ação Jovem; Renda Cidadã e o São Paulo Solidário.