Força Aérea Brasileira

A Fundação Ezute, através de sua antecessora, a Fundação Atech, liderou os projetos que garantiram a conquista da independência tecnológica do país em seu sistema de tráfego aéreo, marcando assim presença decisiva numa etapa vital da história da aviação brasileira.


FORÇA AÉREA BRASILEIRA – SIVAM

Em 1997 foi consolidado o processo de contratação dos fornecedores: a principal fornecedora dos equipamentos foi a Raytheon; a fornecedora dos meios aéreos escolhida foi a Embraer; e a organização integradora brasileira foi a Fundação Ezute (na época, denominada Fundação Atech). A Fundação Ezute foi a responsável pela absorção do conhecimento e integradora de todos os processos e produção de informações do Sivam. Com o trabalho, a instituição tornou-se a primeira no mundo a ter a responsabilidade de conceber e integrar um inovador sistema de inteligência constituído por vigilância e controle do espaço aéreo e investigadora de ocorrências de todo o tipo de ilícitos que ocorrem numa região como o da Amazônia Legal Brasileira.