Mapeamento Digital e Georreferenciado – Empresa de Planejamento Metropolitano do Governo de São Paulo (EMPLASA)

O projeto de mapeamento do Estado de São Paulo envolveu a realização de serviços técnicos especializados de levantamento aerofotogramétrico, apoio de campo e aerotriangulação, na totalidade do território do Estado de São Paulo, abrangendo uma área total de 264.262,00 km².

Esta inciativa tem importância não somente pela extensão da área de abrangência, mas principalmente pelo modelo de planejamento e gestão adotados, pelo nível refinado de detalhamento técnico e, fundamentalmente, pela orientação da nova cartografia nacional e novos padrões e normas de aquisição, registros e compartilhamento de informações geográficas, gerando produtos qualificados e preenchendo um vazio temporal cartográfico de mais de 30 anos.

Estas atividades foram subsidiadas por assessoria técnica especializada para a concepção, implantação, manutenção e atualização de Sistema de Acompanhamento das Fases do Projeto, como objetivo de acompanhamento da execução do mapeamento, permitindo aos interessados o acompanhamento das fases do projeto em  ambiente WEB (intranet/internet) e georreferenciado, ou seja, todo o projeto pôde ter seu progresso e evolução monitorado e acompanhado de acordo com a evolução física e territorial de suas etapas, num processo transparente de realização e de gestão. Foram avaliadas cerca de 36.500 fotografias impressas e 36.500 arquivos fotografias digitais de 8 e 16 bits.

Neste processo complexo e crítico a Fundação Ezute avaliou a qualidade todos os processos produtivos e produtos destas fases do MAPEIA-SP, conferido a conformidade de especificações e requisitos técnicos e legas a todos os produtos entregues, ou seja, a conformidade de 100% de produtos de cada uma das fases dos projetos de mapeamento.