Sistema de Detecção de Falhas – Eletropaulo

Também incentivado pelo programa da ANEEL, um segundo projeto de aperfeiçoamento nas operações de distribuição de eletricidade foi concebido e desenvolvido para a Eletropaulo. A Fundação Ezute, em parceria com a Universidade de São Paulo, desenvolveu um sistema de detecção para falhas da rede elétrica. O desafio era encontrar algoritmos que, medindo vários parâmetros, buscassem o padrão representado por uma falha específica na rede: a ruptura de um fio, que gera perda de impedância similar a de alterações provocadas por outros fatores. A segunda parte do desafio foi a integração desses algoritmos de detecção de falhas aos sistemas tecnológicos que já operavam nas subestações da companhia, além da criação de sistemas para supervisão em nível superior, que permitissem  acompanhar a rede territorial completa, com o propósito de aperfeiçoar o gerenciamento dos recursos de manutenção e de modo a atender os regulamentos dos órgãos reguladores sem prejuízo da realidade econômico-financeira da concessionária responsável pelo fornecimento de energia.