A pesquisa tecnológica e a gestão de aquisição de produtos: aspectos da reestruturação estadunidense

Artigo apresentado 10º Encontro Nacional da Associação Brasileira de Estudos de Defesa (ENABED 2018).

Autores:
Katlheen Oliveira, mestranda do Programa de Pós-Graduação em Estudos Marítimos da Escola de Guerra Naval, Marinha do Brasil, com bolsa da Fundação Ezute.

Rita de Cassia Oliveira Feodrippe, mestranda do Programa de Pós-Graduação em Estudos Marítimos da Escola de Guerra Naval, Marinha do Brasil, com bolsa da Fundação Ezute.

Cleber Almeida de Oliveira, doutor em Engenharia Aeronáutica e Mecânica pelo Instituto Tecnológico da Aeronáutica. Especialista de Engenharia de Sistemas na Fundação Ezute.

RESUMO

O objetivo geral desse trabalho é explorar as recentes mudanças no sistema de aquisição do departamento de defesa dos Estados Unidos (Department of Defense – DoD), que separou o gerenciamento de pesquisa tecnológica das demais fases do ciclo de vida dos produtos de defesa. A partir disso, visa-se a descrever a nova estrutura institucional e normativa de pesquisa e desenvolvimento (P&D) em defesa do país. O dinamismo em P&D é um aspecto peculiar nos processos de aquisição e gestão do ciclo de vida dos produtos de defesa, tendo em vista o elevado afastamento da fronteira do conhecimento em diversos setores, o que reduz o tempo de vida dos componentes desses produtos. Para isso, apresenta-se um panorama histórico e contextualizado do arranjo estadunidense desde a Segunda Guerra Mundial, acompanhado pelo debate conceitual que permeia as diretrizes de inovação e P&D naquele país. A metodologia utilizada é primordialmente exploratória, com base em levantamento bibliográfico de fontes primárias e secundárias. Em estágio inicial, a investigação é um importante passo no entendimento de gestão tecnológica realizada pelo governo dos Estados Unidos, em um ambiente de dificuldades orçamentárias frente a novos desafios interestatais no sistema internacional. Considerando que empresas estadunidenses estão entre as maiores companhias do mercado de defesa mundial, espera-se que o trabalho permita vislumbrar as alterações institucionais atualmente em voga na indústria de defesa do país que é considerado a maior potência militar do mundo.

Palavras-chave: Inovação. Defesa. Estados Unidos.

Clique aqui para acessar o estudo.